O custo da perda de blocos/tijolos e argamassa da alvenaria de vedação: estudo de caso na construção civil

Suenne Andressa Correia Pinho, Alberto Casado Lordsleem Jr.

Resumo


As paredes de alvenaria são os elementos mais freqüentemente empregados no processo construtivo tradicional brasileiro, condicionando fortemente o desempenho do edifício. Além disso, as paredes de vedação em alvenaria guardam uma estreita relação com os revestimentos, esquadrias, instalações, impermeabilizações e estrutura, podendo influenciar até 40% do custo total da obra. As vedações em alvenaria são ainda consideradas responsáveis por parcela expressiva do desperdício verificado nas obras de construção de edifícios, atingindo desperdícios médios de tijolos/blocos de até 17% e de argamassa de até 115%. Nesse sentido, a racionalização das alvenarias de vedação é destacada como fundamental para o atendimento dos requisitos de custo, prazo e qualidade. O presente artigo vai ao encontro deste contexto, tendo por objetivo apresentar uma pesquisa de estudo de caso realizada em 04 edifícios de múltiplos pavimentos da cidade do Recife/PE, através da qual foi possível avaliar as perdas de blocos e argamassas e o custo envolvido. A metodologia adotada contemplou o desenvolvimento de planilhas de registro das informações, a realização da coleta de dados e a análise dos problemas existentes. Dentre os resultados obtidos, puderam-se constatar perdas médias de tijolos de até 17% e de argamassa de até 113%. Em relação aos custos as perdas chegaram de blocos/tijolos a valores de até R$ 6.587,63.

Palavras-chave


Custos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235