Utilização em laboratórios de análises clínicas do custeio baseado em atividade e tempo (TDABC)

Nelson Hein, Nerian Jose Cardoso

Resumo


A investigação que se apresenta tem por objetivo aplicar o método de custeio ABC/TDABC nas atividades de recepção, coleta e análise em laboratórios de análises clínicas (LAC). A pesquisa está baseada sobre dados colhidos em um laboratório de análises clínicas e em seus balancetes contábeis. Foram analisados os setores de recepção e coleta e da análise propriamente dita. Foram usados dados de 25.536 análises realizadas em nove meses de acompanhamento. Partiu-se das premissas de que era possível efetuar os levantamentos de tempos, métodos e materiais de todos os procedimentos de recepção, coleta e análise laboratorial em um LAC; adaptar o método de custeio ABC/TDABC aos procedimentos de recepção, coleta e análise laboratorial em um LAC; e que os custos de recepção e coleta não são desprezíveis frente aos custos laboratoriais. Como método de custeio foi utilizado o Time-Based Costing que é um método derivado do método Activity-Based Costing (custo baseado em atividade). O método baseia-se (i) na obtenção do custo unitário de fornecer capacidade e (ii) no tempo necessário para realizar uma operação, ou uma atividade. Como resultado obteve-se os esquemas de custos unitários por minuto nos setores de coleta/recepção e laboratório. Inicialmente em separado e depois conjunto, onde ambos aparecem em sobreposição. Por fim foram elaboradas as equações de tempos de procedimentos e validadas suas performances no desempenho quanto estimativa dos custos.

Palavras-chave


laboratório de análises clínicas (LACs)

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235