A Complexidade do Valor da Inovação e da Inteligência Competitiva em empresas de serviços: um estudo comparativo

Renata Jorge Vieira, Maurício Uriona Maldonado, Paulo Mauricio Selig, Aloisio da Silva Lima

Resumo


A competitividade e a era do conhecimento exigem, das empresas de serviços, mudanças nas formas de gestão das informações e de atendimento ao cliente, entre outras. Os mercados e as informações obtidas a partir dos mesmos impõem transformações relacionadas ao uso de Inteligência Competitiva e da Inovação em serviços, cujo valor é complexo devido às características dessas empresas e das atividades envolvidas. Este artigo se baseia em casos das cidades de João Pessoa, Fortaleza e Florianópolis, estudados nos Programas de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UFPB e em Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC; tem como objetivo abordar a complexidade do valor da inovação e da Inteligência Competitiva (IC) em empresas de serviços, considerando o envolvimento dos trabalhadores do setor. Trata-se de uma pesquisa longitudinal, cujos resultados dão uma idéia de como ocorre a inovação, o uso da inteligência competitiva e a complexidade do valor destas atividades em empresas de serviços, de forma a contribuir para a gestão de empresas deste setor e direcionar estudos futuros sobre o tema.

Palavras-chave


Serviços

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235