Utilização das medidas de desempenho do TOC (Theory of Constraints) como instrumento de decisão.

Adão Marcos Siqueira, Edson De Oliveira Pamplona

Resumo


Devido às grandes mudanças de mercado, a competitividade entre empresas cada vez é mais acirrada. Isso acarreta para as empresas necessidade de tomadas de decisões mais difíceis em relação à oferta e demanda. Conseqüentemente, a necessidade de amparar-se em informações gerenciais para tomadas de decisões também é crescente. Como instrumento para essas decisões, esse trabalho busca apresentar uma proposta à gestão empresarial, através das medidas de desempenho, ferramenta proporcionada pela Teoria das Restrições e sua Contabilidade de Ganhos. Por meio de uma pesquisa empírica, esse trabalho revela pouca complexidade existente na utilização da Teoria das Restrições, a interpretação de seus indicativos financeiros e analisa os resultados obtidos por meio de sua aplicação. Com base nos resultados obtidos, procurou-se analisar a eficácia das informações proporcionadas pela Teoria das Restrições, por meio de suas medidas de desempenho da Contabilidade de Ganhos e refletir a proposta para a qual foi criada: direcionar uma empresa à sua meta, ou seja, à lucratividade.

Palavras-chave


Contabilidade de Ganho

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235