A Gestão por Processos Gera Melhoria de Qualidade e Redução de Custos: O Caso da Unidade de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco

Umbelina Cravo Teixera Lagioia, José Francisco Ribeiro Filho, Jorge Expedito de Gusmão Lopes, Marcleide Maria Macedo Pederneiras

Resumo


Este artigo teve como objetivo principal verificar até que ponto a utilização de protocolos de atendimento pôde promover um incremento da qualidade dos serviços médico-hospitalares via padronização de processos, além de propiciar uma redução dos custos da cirurgia e da internação diretamente relacionados aos procedimentos de colocação de prótese do joelho. O estudo em tela procedeu-se na unidade de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. Durante os anos de 2004 e 2005 foram coletados dados sobre indicadores de qualidade e sobre os custos diretos da cirurgia e da internação referentes ao procedimento de artroplastia de joelho em dois momentos distintos: antes e após a implantação de protocolos de atendimento médicos. Através da análise dos dados pesquisados em 89 pacientes que se submeteram a esse procedimento nos dois anos mencionados, ficou comprovado que os protocolos implantados promoveram uma redução de 7 dias na permanência total do paciente, reduziram em cerca de 20 minutos o tempo de duração da cirurgia e proporcionaram uma queda em todos os custos diretos da internação referentes ao procedimento analisado, embora não tenham conseguido reduzir de maneira significativa os custos diretos da cirurgia.

Palavras-chave


Custos de Qualidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235