VIABILIDADE ECONÔMICA DA PRODUÇÃO DE EUCALYPTUS NO RIO GRANDE DO SUL ATENDENDO O CANAL DE ENERGIA E CELULOSE

JULIANO ANDRÉ PAVAN, TIAGO WICKSTROM ALVES, Marcos Antônio De Souza

Resumo


Este estudo tem como objetivo analisar a viabilidade econômica da produção de eucalyptus no
Rio Grande do Sul, atendendo os canais de energia e celulose, na busca de uma explicação
para as conseqüências decorrentes do chamado “apagão florestal” gaúcho. Realizou-se uma
pesquisa abrangente na literatura para definir a estrutura de custos completa para cada canal,
incluindo os custos com corte, descasca, baldeio, carregamento e transporte por km rodado,
custo de oportunidade da terra e fluxo de caixa residual. Ainda, pesquisou-se sobre
espaçamentos, densidades, incidência de desbaste, época das rotações e produtividade.
Determinou-se o VPL gerado para os canais de energia e celulose por distância do produtor ao
consumidor de 50km a 400km. Os resultados apontam que produzir eucalyptus para atender à
geração de energia não traz viabilidade superior ao custo de oportunidade em nenhuma faixa
de distância analisada. Produzir eucalyptus para atender à fabricação de celulose somente traz
viabilidade superior ao custo de oportunidade para o produtor que estiver a 50km da fábrica.
Conclui-se que a viabilidade econômica da produção de eucalyptus no RS, atendendo como
prioridade aos canais de energia e celulose, é um entrave que dificulta a dinamização da oferta
repercutindo as referidas conseqüências do “apagão florestal”.

Palavras-chave


Eucalyptus

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235