A evolução da gestão isolada para a gestão compartilhada no ambiente empresarial: a importância das interações cooperativas

Maria Silene Alexandre Leite

Resumo


Este artigo apresenta uma abordagem não convencional, ao ambiente da gestão dos custos, para discutir a mudança da gestão isolada para a gestão compartilhada observada nos relacionamentos entre as empresas. A abordagem empregada é originária das Ciências da Complexidade, a qual foi pormenorizadamente detalhada na tese de doutorado intitulada: “Proposta de uma modelagem de referencia para representar sistemas complexos” (LEITE, 2004). O objetivo é discutir a importância das interações cooperativas na passagem e manutenção da gestão isolada para a gestão compartilhada entre as empresas; os novos formatos assumidos pelas empresas (cadeias, redes, clusters, etc); a importância dada aos fatores intangíveis na gestão dos negócios, bem como o direcionamento dado as pessoas no sentido de cooperarem ao invés de competirem, o que demonstra a preocupação dos empresários em criarem negócios com relacionamentos mais cooperativos.

Palavras-chave


ciências da complexidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235