O Uso das Informações de um Sistema de Custeio Baseado em Atividades no Processo Orçamentário: Sugestão de Aplicação Prática no Dimensionamento de Capacidade Instalada em uma Instituição Financeira

Manoel Pinto Silveira Neto

Resumo


Os sistemas tradicionais de orçamento muitas vezes não atendem devidamente os gestores nas suas necessidades de planejamento, acompanhamento e controle dos resultados de sua operação. Com base nas informações disponibilizadas por um sistema de custeio baseado em atividades é possível o desenvolvimento de projeções orçamentárias melhor estruturadas e que permitem um processo de planejamento mais adequado, uma vez que o entendimento dos processos internos e como estes consomem a estrutura de recursos disponível provê instrumentos para um melhor controle de custos e, conseqüentemente, para sua previsão. Desenvolve-se neste artigo uma aplicação prática do orçamento baseado em atividades em uma instituição financeira, voltada para o dimensionamento de capacidade instalada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235