A Cultura Organizacional e o Custeio Variável: Um estudo em uma Organização Militar Prestadora de Serviço

Maria de Fátima Bandeira dos Santos, Ana Carolina Pimentel Duarte da Fonseca, Fernanda Filgueiras Sauerbronn

Resumo


Na busca por consolidar o processo de transição de uma administração pública burocrática para um modelo gerencial, o Governo Federal criou o Sistema de Custos, com o objetivo de subsidiar decisões governamentais e organizacionais que conduzam à alocação mais eficiente do gasto público. O método escolhido para apropriação de custos foi o custeio variável. A Marinha do Brasil (MB) não foge a esse contexto de transição. No entanto, utiliza a metodologia do custeio por absorção em suas Organizações Militares Prestadoras de Serviços (OMPS). Assim, o objetivo da pesquisa é investigar como as características culturais de uma OMPS da MB se aproximam ou se afastam das características necessárias à utilização do método de custeio variável. Para isso, foram realizados um estudo bibliográfico e uma pesquisa de campo, de inspiração etnográfica, utilizando entrevistas, observação participante e análise de documentos internos. Os resultados foram submetidos a uma análise de conteúdo e agrupadas de acordo com a proposta múlti paradigmal de Meyerson e Martin (1987). Em seguida, foram comparados com as características apontadas na literatura como necessárias à implementação do custeio variável. Depreende-se que as caraterísticas culturais da OMPS pesquisada distanciam-se das características consistentes com o custeio variável em termos de centralização da decisão, de ausência de delegação de competência, modelo organizacional adotado e da pouca autonomia proporcionada aos subordinados. Apresenta maior proximidade em relação ao sistema de controle, à avaliação de desempenho, e quando atribui grande importância às características afetas ao profissionalismo, ao aprimoramento profissional e a forma aberta de resolução de conflitos.

Palavras-chave


Organizações Públicas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235