A Avaliação de Desempenho Ambiental: Um Enfoque para os Custos Ambientais e os Indicadores de Eco-Eficiência

Romildo de Oliveira Moraes, Emanel R. Junqueira, L. Nelson Carvalho

Resumo


Nas últimas décadas, os mercados mundiais tem demonstrado interesse por produtos ecologicamente seguros. Por coerção governamental, através de leis ambientais, e pela exigência dos consumidores, as empresas tem demonstrado uma preocupação com a implementação de processos industriais que levem em conta a necessidade de evitar as agressões ambientais. A relação entre o lucro econômico e o consumo de recursos ambientais, sejam estes recursos naturais renováveis ou não, pode ser de fundamental importância para a implementação de empresas que visem o lucro econômico com a preservação do meio ambiente. Os custos ambientais, aqueles decorrentes de preservação, conservação ou reparação de danos causados ao meio ambiente devem ser levados em conta na elaboração de projetos industriais visando a instalação de indústrias que, por sua natureza, sejam potenciais poluidoras do meio ambiente. A avaliação do desempenho ambiental pode ser facilitada pela utilização de indicadores de eco-eficiência. Uma empresa, do ponto de vista social e ecológico não é viável se o lucro econômico for obtido às custas de destruição do meio ambiente. Este artigo visa explicitar uma contribuição da contabilidade com o desenvolvimente sustentável em relação aos custos ambientais, evidenciação dos ativos, passivos, custos e despesas que visem a preservação do meio ambiente e a elaboração de indicadores de eco-eficiência como uma ferramenta para evidenciar as decisões gerenciais em relação à proteção do meio ambiente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235