VANTAGENS COMPETITIVAS EM CUSTOS - UM ENFOQUE PARA AS QUESTÕES AMBIENTAIS

Angélica do Espírito Santo, Cristina Hsieh

Resumo


As empresas têm implementado a Gestão Ambiental como forma de garantir sua competitividade futura, por evitar custos desnecessários, tais como perdas de materiais no processo produtivo, geração de resíduos e gastos com multas. Assim, cada vez mais as empresas vêm-se preocupando com a natureza dos insumos por elas utilizados, bem como, pela sua capacidade poluente, integrando aspectos econômicos e ambientais à tomada de decisões estratégicas, as quais interferem na própria continuidade da empresa e do planeta, pelo fato das companhias serem organismos vivos em constante interação com o ambiente. Entende-se que o meio ambiente, sendo um fator que influi nas transformações patrimoniais na empresa, deve ser considerado à luz dos aspectos econômicos e financeiros para suporte às decisões tomadas pelos seus gestores. A “Gestão Ambiental” correlacionada aos aspectos econômico-contábeis permite a identificação dos custos ambientais gerados pelas atividades e processos organizacionais. Dessa forma, a empresa pode estabelecer planos de ações e mecanismos de controle com o objetivo de mitigar ou eliminar tais custos, melhorando decisivamente a eficiência da utilização de recursos da companhia, fator chave para acumulação de riquezas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235