A CONTABILIDADE ESTRATÉGICA E OS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES COMO SUPORTE ÀS DECISÕES

Victor Branco de Holanda, Valcemiro Nossa

Resumo


Nesta era de globalização dos mercados, o aparecimento de novas tecnologias e a necessidade de informações para a tomada de decisões estão cada vez mais presente. A Contabilidade deve estar atenta a essa necessidade e aproveitar todo o seu potencial metodológico para a geração de informações preditivas, passíveis de utilização estratégica. Um problema é que a contabilidade em muitas situações não amplia seus horizontes preditivos. Os contadores necessitam conhecer e dominar as novas tecnologias de informações, que atualmente são muito mais complexas e abrangentes que o tradicional processamento de dados. O uso dessas tecnologias repercute nos sistemas de informações contábeis que podem ser interligados a outros sistemas de informações, principalmente os que dizem respeito aos fatores externos, propiciando informações de extrema relevância para os objetivos estratégicos da empresa. Para que seja definido o foco da análise comparativa, a contabilidade estratégica depende da identificação da existência e do potencial da concorrência, da previsão de suas possíveis alternativas estratégicas, seus custos e investimentos relativos, e ainda, de sua política de preços sustentável. É difícil a obtenção de informações boas, confiáveis, significativas e úteis dos concorrentes, porém o que se necessita é um arquivo financeiro relativo, não um retrato exato. O potencial da contabilidade para gerar informações estratégicas é significativo. No entanto, é preciso que o contador tenha uma atitude proativa para transformar os dados da contabilidade em informações estratégicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235