A CPMF: CUSTO OU DESPESA NA FORMAÇÃO DE PREÇOS ?

BLÊNIO CESAR SEVERO PEIXE, Moisés Prates Silveira

Resumo


O cenário da globalização tem provocado desafios dos mais variados para o mundo empresarial. A competividade não tem barreiras, exigindo cada vez melhoras quanto a qualidade, atendimento, pontualidade, prazo, preços, ........, etc. Recentemente o Governo convocou as pequenas e médias empresas para maior participação no mercado exportador, oferecendo incentivos. Entre as várias mudanças que tais empresas precisam efetuar para tornarem-se mais competitivas, o sistema de formação de preços deve ser profundamente analisado e avaliado face aos mercados. O presente trabalho aborda uma das questões de influência quanto a formação de preços, que é o da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Criou-se uma hipótese numa cadeia produtiva, com um único produto, envolvendo três empresas com o objetivo de demonstrar os efeitos da CPMF na formação de preços. Deverá a CPMF ser considerada como custo ou despesa? Quais os reflexos quando considerada na formação de preços? Trata-se de um assunto polêmico e indefinido, sendo necessário uma atenção especial objetivando o auxílio na tomada de decisão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235