Velocidade da Informação e Profilaxia Contábil em Empresas de Serviços Contábeis

Alexandre Ripamonti

Resumo


Exatamente no dia 17 de outubro de 1997 (Sexta-feira), às 17:30 horas, tocou o telefone em nossa empresa de serviços contábeis. Do outro lado da linha, uma senhora, que se identificava por Dona Nanci, da parte da Sra. Maria José, gostaria de falar conosco. O assunto era a abertura de uma empresa, a qual ela própria pretendia estabelecer.
Sua dúvida relacionava-se aos documentos necessários para a abertura da empresa. Ainda, realizando algumas perguntas, pudemos observar que ela iniciava ali sua xperiência empresarial, realizaria contatos futuros com potenciais clientes e procuraria um local para estabelecer sua empresa. Estes pontos podiam ser melhor esclarecidos e expusemos com objetividade a ela os itens fundamentais que devem ser checados para a constituição de uma empresa, antes de se dirigir a atenção para a questão burocrática. Ela concordou e perguntou-nos se a assessorávamos no esclarecimento melhor dos itens expostos. Combinamos, então, um dia para realizarmos o planejamento de seus negócios. Contente, ela se despediu e desligou o telefone. Tendo recebido a indicação de outro cliente de nossa empresa, aumentara sua visão sobre seus futuros negócios. Certamente tornar-se-ia fiel pelo atendimento recebido, atribuindo imenso valor à orientação iniciada e que seria complementada posteriormente.
Este é um caso típico de orientação preventiva a pequenos empresários. Muitos deles iniciando a carreira empresarial, e com pouca experiência, no sentido da postura a tomar. Este fator pode vir a comprometer parcela do sucesso destes empresários. Sendo a contabilidade a medicina do patrimônio, ela pode ser aplicada a quaisquer organismos preventivamente, surtindo efeitos benéficos a toda sociedade, a qual se relaciona aos citados organismos. Neste sentido, estudando as empresas de serviços contábeis e seu relacionamento histórico com os clientes, procuramos desenvolver métodos que auxiliassem na orientação preventiva às empresas. Ao decorrer dos estudos, surgiu a profilaxia contábil, que é a metodologia preventiva utilizada no combate à mortalidade precoce das empresas. Há alguns anos, observamos a cronologia de uma amostra de empresas. Muitas delas (70%) tinha menos que 10 anos de idade. Também, em sua maior parte (96%), não recebiam orientação contábil. A partir deste dado, procuramos relacionar a idade destas com a orientação contábil recebida e acabamos por concluir que havia correlação entre ambas, porém, para que a empresa obtivesse real sucesso em seus empreendimentos, era necessário que seus gestores aceitassem e seguissem a orientação contábil. Ou seja, a empresa que recebia e seguia a orientação contábil obtinha melhores desempenhos, enquanto aquelas que recebiam e não seguiam ou seguiam parcialmente, tinham desempenhos insuficientes ou inconstantes durante os períodos analisados. Por outro lado, no campo das empresas de serviços contábeis, poderiam otimizar sua estrutura, focalizando-a na orientação contábil dos clientes, e dispondo de instrumentos gerenciais que as auxiliassem a tomar as próprias decisões. Esta parte, pudemos retratar durante outra ocasião. A velocidade da informação significa a rapidez com que a informação, ou também os documentos, circulam na empresa de serviços contábeis. Quanto maior a velocidade da informação, maior a possibilidade de orientação contábil por parte da empresa de serviços contábeis. Vê-se, portanto, a estreita relação existente entre a orientação contábil e a velocidade da informação. Esta, porém, para ser ampliada, exige tomada de decisões sobre a eliminação de tarefas e atividades que, embora obrigatórias e merecendo ser repensadas, podem agregar mais valor aos clientes, do que atualmente o fazem. Neste trabalho, desejamos demonstrar a metodologia profiláctica, analisar as atividades que agregam valor aos clientes em empresas de serviços contábeis e como a gestão desta estrutura pode aumentar a velocidade da informação, possibilitando não apenas o atendimento imediato da Dona Nanci, mas de 86 milhões de brasileiros que estão ligados às empresas de serviços contábeis . .

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235