Viabilidade Econômica da Terminação de Cordeiros da Raça Santa Inês Recebendo Dietas com Diferentes Níveis de Óleo e Farelo de Girassol

Paulo Henrique de Lima Siqueira, Thiago Rodrigues de Castro Rodrigues Castro

Resumo


Diferentes estudos vêm sendo realizados para identificar o manejo mais adequado para melhorar a produtividade na produção de ovinos e, mais especificamente, na composição das dietas. Como o custo de produção é um dos fatores mais limitantes para a suplementação ou confinamento de ovinos, esse trabalho teve como objetivo verificar a viabilidade econômica da terminação em confinamento de cordeiros da raça Santa Inês recebendo dietas com diferentes níveis de farelo de girassol e de óleo de girassol. O ensaio foi realizado na Universidade Federal de Lavras, utilizando 20 cordeiros com peso inicial médio de 25 ± 5kg, supondo-se um nível de produção de 100 animais. O tratamento mais lucrativo foi o que não utilizou farelo e óleo de girassol na composição percentual na dieta dos animais, com um lucro de R$ 7.686,11. À medida que se foi aumentando a quantidade de farelo de girassol e de óleo de girassol na composição da dieta, essa lucratividade foi diminuindo, chegando a um prejuízo de R$ - 5.009,78, quando a quantidade desses ingredientes alcançou 33% e 8,72%, respectivamente. Apesar dessa desvantagem econômica, deve-se considerar que esse tratamento poderia proporcionar maior lucro se houvesse a possibilidade de obter esses ingredientes com um preço menor ao estabelecido pelo mercado e, mesmo sendo inviável economicamente, estudos poderiam ser realizados para verificar as vantagens em termos de qualidade da carne para o consumidor, o que poderia justificar um preço acima do mercado e, consequentemente, proporcionar uma produção lucrativa.

Palavras-chave


Custos e viabilidade econômica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235