A INFLUÊNCIA DA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO NA EVIDENCIAÇÃO AMBIENTAL: UMA ANÁLISE NAS EMPRESAS BRASILEIRAS

Sheila Mendes Fernandes, RAISA Gonçalves NUNES, Antonio Cezar Bornia

Resumo


Este estudo objetivou verificar a influência das características do conselho de administração no nível de evidenciação ambiental. Foi utilizada uma amostra de 100 empresas listadas na BM&FBovespa. O nível de informação ambiental foi obtido por meio da análise de conteúdo nos relatórios de sustentabilidade e websiste das empresas. Utilizou-se um modelo de regressão múltipla para verificar a influência das variáveis: tamanho do conselho, diversidade de gênero, quantidade de membros independentes e idade dos conselheiros. Os resultados mostraram que apenas a quantidade de conselheiros independentes apresentou significância estatística de 10%, sugerindo que uma proporção maior de conselheiros independentes pode melhorar o monitoramento e o controle da administração, fortalecer a governança corporativa, impulsionar o envolvimento da empresa com as questões ambientais e, consequentemente aumentar o nível de informações ambientais evidenciadas voluntariamente pelas empresas.

Palavras-chave


Evidenciação ambiental. Característica do conselho de administração. Empresas brasileiras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235