CUSTO DA COMPLEXIDADE INFORMACIONAL E LEGIBILIDADE DOS RELATÓRIOS DE AUDITORIA

William Aparecido Maciel da Silva, Lucas Fernandes Rocha, João Antônio de Souza Trindade, Donizete Reina, Marcelo Tavares

Resumo


A responsabilidade do auditor é obter provas de auditoria através do teste da mensuração contábil subjacente às demonstrações financeiras preparadas pela administração, bem como pela obtenção de outras evidências de auditoria (ZUCA, 2015). Tais provas, são muitas vezes simplificadas por meio da apresentação do relatório do auditor. Desta forma, o objetivo desse estudo foi analisar o custo da complexidade informacional e de legibilidade das divulgações dos relatórios de auditoria das empresas que adotaram as normas do IFRS no período pré-adoção e período de adoção do IFRS de forma obrigatória. As ferramentas estatísticas empregadas no estudo foram utilizadas os testes não paramétrico de Kruskal-Wallis, teste t para amostras independentes e teste t para uma amostra, os testes estatísticos foram divididos de maneira que pudesse analisar as legibilidade de cada relatório por auditoria, e a legibilidade das ressalva, foi coletado uma amostra de 1.244 relatórios de auditoria entre os período de 2005 a 2016 das empresas listadas no Novo Mercado do BM&FBovespa. Quanto aos resultados, identificou-se que em média existe uma menor legibilidade, ou seja, maior complexidade das informações divulgadas nos relatórios de auditoria após adoção do IFRS; existe diferença entre as médias dos resultados gerados pelo Fog Index, cada relatório elaborado pelas auditorias tem seu grau de complexidade no período que antecede a adoração do IFRS; e, em média os relatórios com ressalva tendem a apresentar maior complexidade na informação para ambos períodos antes e após adoção do IFRS. Todavia, não foi identificado um custo em termos monetários para as empresas.

Palavras-chave


Custo da Complexidade Informacional; Relatório da Auditoria; Legibilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235