O CUSTO TRIBUTÁRIO COM O INGRESSO DE NOVAS TECNOLOGIAS

Francisco Apoliano Albuquerque

Resumo


O desenvolvimento tecnológico proporcionou inúmeras e irrefutáveis transformações na sociedade e na economia de todas as nações. A tecnologia não é apenas uma meta a ser
atingida, num determinado prazo. Ela é, compulsoriamente, uma ferramenta essencial na competitividade, seja de empresas, instituições, ou profissionais autônomos.
Ninguém pode prescindir das novas ferramentas tecnológicas, sem correr o risco de perder competitividade, de elevar custos e perder mercados. Portanto, a tecnologia não pode ser buscada apenas como modismo, sem avaliação das adequações às atividades
desempenhadas por qualquer tipo de agente e, principalmente, sem avaliação dos custos ou da relação custo/benefício, de que dela pode resultar, sabendo-se que a carga
tributária no País é uma das mais pesadas do mundo, influenciando diretamente nos custos da formação de preços. O presente trabalho tem como objetivo mostrar o impacto que os tributos pode ocasionar aos entes econômicos que optarem por modernizar suas ações sejam nas atividades-meio, sejam nas atividades-fins, procurando demonstrar as causas e efeitos da carga tributária na introdução de novas tecnologias, na organização,
podendo, no primeiro momento, ao invés de baratear custos, aumenta-los, se não eficientemente aplicadas.

Palavras-chave


Custo tributário. Novas tecnologias. Modernizar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235