ANÁLISE DA VIABILIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA DO CULTIVO DE PINUS TAEDA EM PROPRIEDADES RURAIS DO ALTO VALE DO ITAJAÍ - SC

Diego Rafael Stüpp, Orlando Luiz Heck Júnior, Marino Luiz Eyerkaufer

Resumo


Este estudo teve como objetivo identificar todos os custos e receitas para posteriormente analisar a viabilidade econômico-financeira do cultivo do Pinus taeda L. (Pinaceae) em propriedades rurais do Alto Vale do Itajaí em Santa Catarina, com a finalidade de demonstrar uma opção de investimento para os agricultores da região. Esta é uma pesquisa documental e estudo de caso, com método dedutivo e dados quantitativos, alguns coletados por meio de entrevista e outros gerados pelo software SisPinus. O projeto se mostrou viável para o manejo com colheita aos 25 anos, porém um investimento arriscado. São várias incertezas no processo de projeção dos custos e receitas da produção do Pinus taeda e que afetarão diretamente a análise de viabilidade do projeto, dentre estas incertezas pode-se destacar: variação no preço de venda da madeira, na quantidade produzida, no custo do investimento e na taxa mínima de atratividade utilizada no projeto. Os resultados indicam que não há uma probabilidade de acontecimento satisfatória para o cálculo do Valor Presente Líquido positivo. Então como uma avaliação geral, a cultura se mostrou viável, porém com risco moderado, e com seu rendimento compatível com de algumas aplicações financeiras disponíveis no mercado.

Palavras-chave


Reflorestamento. Projetos florestais. Análise de viabilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235