EUCALYPTUS GRANDIS COMO ALTERNATIVA DE RENDA PARA O PRODUTOR RURAL NA REGIÃO SUL DO BRASIL

Fernanda Strapasson, Rafaela Plantes Pavloski, Angela Sobota Moreira, Hugo Dias Amaro, Alceu Souza

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar, pela ótica do produtor rural proprietário da terra, o
retorno esperado e os riscos percebidos na exploração comercial de eucaliptos geneticamente
modificados e clonados (Eucalyptus grandis) na região metropolitana de Curitiba/PR. A
decisão, para o produtor rural, consiste em destinar 15 hectares de sua propriedade para o
cultivo de eucalipto geneticamente modificado ou arrendá-la para que seja utilizada como
pasto. A análise compreende o tempo de crescimento, a adequação ao clima e ao solo em
relação aos eucaliptos comuns da região e o custo de oportunidade da área cultivada.
Comparativamente as variedades já existentes (Eucalyptus dunis) na região, observou-se que
a variedade em análise apresenta: crescimento acelerado; talhões mais uniformes; melhor
desempenho na produção (m3 de lenha/ha); maior resistência às variações climáticas; menos
suscetibilidades às pragas e retorno maior que o uso alternativo da área. Trata-se de uma
pesquisa aplicada quanto à sua natureza; descritiva quanto ao seu objetivo; de construção de
caso quanto à estratégia de abordagem do problema. As informações de receitas e de custos
foram sistematizadas em um fluxo de caixa pelo seu valor mais provável. A análise, via
Metodologia Multi-índice, permitiu aferir por meio do Mapa Perceptual que o retorno
esperado é compatível com os riscos percebidos. O uso do Método de Monte Carlo via
software Crystal Ball, possibilitou tratar os principais parâmetros como variáveis aleatórias e
gerar informações adicionais evidenciando que a probabilidade da alternativa arrendar
apresentar melhores resultados do que o plantio de eucalipto é de 2%.

Palavras-chave


Decisão de investimento em agronegócios. Eucalipto clonado. Metodologia multi-índice.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235