INDICADORES ECONÔMICOS E A ESTRUTURA DE CAPITAL DAS EMPRESAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA.

Eleandro José Burille, Fábio Jose Diel, Vanderlei Gollo

Resumo


O estudo tem por objetivo identificar qual a relação entre os indicadores de resultados e a estrutura de capital das empresas listadas na BM&FBovespa no período entre 2011 e 2015. Utilizou-se como amostra as empresas listadas na BMF&Bovespa integrantes do setor de comércio por possuírem informações contínuas dentre o período analisado. A pesquisa foi conduzida por análise documental e abordagem quantitativa dos dados referentes ao período de 2011 a 2015 de uma amostra composta por 79 empresas que apresentaram lucro em todos os períodos, 21 empresas com prejuízos acumulados e 71 empresas que oscilaram entre lucro e prejuízo. Os resultados evidenciam que empresas com menor grau de gerenciamento de resultados não apresentavam menor custo de capital próprio e de terceiros. A média de endividamento das empresas que apresentaram lucro ficou entre 30 a 31% com liquidez corrente entre 0,80 até 3% enquanto empresas com prejuízo os indicadores demonstram desempenho no endividamento ficou entre 11 e 51% e a liquidez corrente esteve entre 0,51 e 0,76%. De modo geral os resultados evidenciam a importância dos indicadores econômico-financeiros para acompanhamento dos resultados das companhias. Verifica-se que as médias são estatisticamente diferentes em empresas com predominância de lucros e com predominância de prejuízos.

Palavras-chave


Gerenciamento de resultados, Indicadores econômicos, Estrutura de capital.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235