SUSTENTAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA DE ATIVIDADES GASTRONÔMICAS: UM ESTUDO DE CASO

Jonas Adriel dos Santos, Marivane Vestena Rossato

Resumo


Estabelecimentos que exercem mais de uma atividade na área gastronômica apresentam uma vasta gama de insumos consumidos, ao passo que, a contabilidade apresenta poucos estudos no auxílio à prática de mensuração do que cada atividade contribui para a sustentabilidade econômica e financeira da entidade como um todo. Contudo, este estudo objetivou avaliar a sustentabilidade econômico-financeira das atividades de restaurante e pizzaria de um estabelecimento no ano de 2015, no município de Venâncio Aires - RS. Além disso, buscou-se apurar a margem de contribuição do restaurante e da pizzaria e o ponto de equilíbrio para mais de uma atividade. Trata-se de uma pesquisa descritiva e de natureza qualitativa. O estudo fez uso da análise de conteúdo, da pesquisa documental, do levantamento, da observação e constituiu-se em um estudo de caso. Os principais resultados do estudo evidenciaram uma margem de contribuição mensal de R$ 27.205,89 para o restaurante e R$ 42.871,73 para a pizzaria. O ponto de equilíbrio para mais de uma atividade resultou em um montante de 2.565,52 quilos de refeição e 4.051 rodízios de pizzas. Já o ponto de equilíbrio financeiro, para mais de uma atividade, de 2.470,26 quilos de refeição servida e 3.951 rodízios de pizza. Concluiu-se que ambas as atividades são importantes para a sustentação econômico-financeira do estabelecimento, com destaque para a pizzaria.

Palavras-chave


Ponto de equilíbrio. Gastronomia. Margem de contribuição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235