A EVIDENCIAÇÃO DE INFORMAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATÓRIAS E VOLUNTÁRIAS: UM ESTUDO EM CLUBES DE FUTEBOL BRASILEIROS

Rafael Mayer, Vanessa de Quadros Martins, Clóvis Antônio Kronbauer

Resumo


Percebendo a relevância que a apresentação das evidenciações contábeis de forma transparente tem para os clubes de futebol profissional brasileiros, o trabalho desenvolveu um estudo sobre os fatores que estão atrelados às formas de evidenciação contábil. Para isso, foram analisadas as evidenciações apresentadas por 22 clubes durante os anos de 2012 a 2015. A pesquisa baseou-se na normativa contábil, sendo utilizada como parâmetro a Resolução CFC nº 1.429 de 25 de janeiro de 2013, a qual aprova ITG 2003 – Entidade Desportiva Profissional. Aplicando-se as técnicas de Estatística Descritiva e Correlação Pearson estabeleceu-se o Índice de Evidenciação Obrigatória. Inicialmente, considerou-se o índice de todos os anos analisados para obter-se a média geral. Por meio dessas análises obteve-se o resultado do Índice de Evidenciação Obrigatória de 65,70%. Baseado na correlação e dos testes de hipóteses realizadas, percebeu-se que os clubes com melhores Índices de Evidenciação apresentam as seguintes características: são na maioria dirigidos por presidentes formados em direito; são os clubes com melhor desempenho desportivo segundo Rankings da CBF; são os clubes com melhor desempenho econômico, medido pela Margem EBITDA. Constatou-se também que os clubes com maior faturamento, valor de ativo e intangível apresentam também melhores índices de evidenciação. Cabe salientar que, no último ano analisado, o índice de evidenciação obrigatória de alguns clubes atingiu 94%, demonstrando melhoras significativas no cumprimento a norma ITG 2003. Constata-se, assim, a melhora na transparência e a busca por maior legitimidade dos clubes diante de seus associados, torcedores e usuários de suas demonstrações contábeis.

Palavras-chave


Clubes de futebol. Evidenciação. Transparência. Legitimidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235