CUSTO PADRÃO COMO FERRAMENTA DE CONTROLE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.

Alice Thums, Marlise Dall Agnol, Taciana Mareth, Leonardo Moraes Chamun

Resumo


O objetivo deste estudo é analisar a utilização do custo padrão como ferramenta de controle por meio de uma revisão sistemática. Para tanto, foi realizada uma busca em 7 bases de dados (Ebsco, Scopus, Science Direct, Emerald, Scielo, Springer Link, Wiley) e nos Anais do Congresso Brasileiro de Custos, pelos artigos que apresentam os termos “Standard cost”, “Standard costing” e “Custo padrão” em seus títulos. Nos últimos 15 anos foram identificados 37 artigos que abordam este método de gestão de custos. A análise dos artigos trouxe como resultados a aplicabilidade do método de custo padrão a partir de 3 abordagens que evidenciam a importância dos controles: medida de eficiência, vantagens e desvantagens da utilização de padrões para os custos, e o impacto das variações entre o padrão previsto e o custo real. Os anos de 2012 e 2013 somam juntos aproximadamente 35% do total de publicações e percebe-se que nos últimos anos poucos artigos foram publicados. A maior concentração de publicações está na área da saúde e na indústria, ou seja, representam aproximadamente 32% e 29% respectivamente do total. Este estudo torna-se relevante por trazer abordagens sobre o tema custo padrão, relacioná-las com os conceitos essenciais da literatura, e demonstrar sua utilização em variados segmentos e países, o que confirma a importância deste método dentro da Gestão Estratégica de Custos das empresas.

Palavras-chave


Custo padrão, Gestão estratégica de custos, Revisão sistemática.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235