MODELO DETERMINISTA DA ANÁLISE CUSTO/VOLUME/LUCRO E O IMPACTO DOS GASTOS FIXOS NO GRAU DE ALAVANCAGEM OPERACIONAL

Rafael Ramon Fonseca Rodrigues, Camila Alves Silva Miranda, Rosângela Queiroz Souza Valdevino, Jônatas Rocha Lôbo, Hugo Azevedo Rangel de Morais, Francisco Igo Leite Soares

Resumo


Diante da crescente competitividade, a gestão de custos é vista não mais como um elemento de diferenciação, mas sim como uma ferramenta fundamental para sobrevivência pelas organizações, independe atividade desenvolvida. Compreende-se ainda que o setor de serviços venha apresentado crescimento diante do contexto da atual. Nesse sentido presente estudo tem como objetivo analisar o Custo/Volume/Lucro (CVL) com base no modelo determinista e o impacto dos gastos fixos no grau de alavancagem operacional diante da simulação da capacidade instalada em uma empresa de radiocomunicação localizada no sudeste do estado do Pará. O estudo caracteriza-se como descritivo, aplicado em uma empresa de rádiocomunicação, tornando-o assim um estudo de caso. Foi possível concluir diante de uma análise comparativa dos dados do ano de 2017 com a simulação da capacidade instalada, com um crescimento na receita de aproximadamente de 155,2457%, enquanto nas mesmas condições o lucro operacional obteve um crescimento aproximado de 432,9244%. Alcançando assim, um grau de alavancagem operacional de 2,2153. Observou-se que os gastos fixos diante do crescimento da receita contribuíram para um aumento desproporcional do lucro da organização, mediante a influência da variação produtiva, pois tais gastos em proporções unitárias tendem a diminuir diante do aumento das vendas.

Palavras-chave


Gestão de Custos. Comunicação. Prestação de Serviços.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235