APLICABILIDADE DA DISCIPLINA DE METODOLOGIA DE CUSTOS PARA NÃO CONTADORES: UMA ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS DISCENTES

Marcelo Cristiano de Mello, Ângela Rozane Leal de Souza

Resumo


O ensino de Contabilidade de Custos tem despertado o interesse de discentes de áreas afins como Administração, Economia e Engenharia de Produção. Ofertas de emprego para vagas de analista de custos ou na área de controladoria ampliam as oportunidade para profissionais que não possuem formação contábil, mas detêm expressivos conhecimentos contábeis, sobretudo em custos. Assim, este estudo procurou analisar as expectativas dos discentes da disciplina Metodologia Básica de Custos, oferecida pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, no ano-letivo de 2018/1, com relação à aplicação no mercado de trabalho dos conceitos aprendidos na disciplina. Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa e descritiva, realizado por meio de levantamento (survey) com obtenção de dados junto aos alunos que estão cursando a disciplina no primeiro semestre de 2018. Os principais resultados apontam para uma percepção positiva da disciplina. Os dados da pesquisa revelam que a maioria dos discentes que responderam o questionário, além de considerarem o seu conteúdo relevante, se sentem motivados a estudar a disciplina. Constatou-se, também, que uma parcela significativa dos respondentes deseja atuar na área de custos e, para isso, deseja aprofundar o conhecimento nesse segmento da contabilidade, com a finalidade de utilizar em uma futura atuação profissional.

Palavras-chave


Contabilidade de Custos. Ensino de custos. Mercado de trabalho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235