Análise comparativa dos custos de produção da cana-de-açúcar entre as principais cidades produtoras do Brasil

Dryelle Laiana de Jesus Silva Santos, Lara Cristina Francisco de Almeida Fehr, Luana Martins Guimarães Sousa, Marcelo Tavares, Geovane Camilo Santos

Resumo


O agronegócio é um dos principais setores do Brasil, responsável por aproximadamente 23% do Produto Interno Bruto (PIB). A cana-de-açúcar está entre os produtos mais relevantes do agronegócio, principalmente por sua participação na economia brasileira. Este estudo objetivou identificar as variáveis de custos do cultivo da cana-de-açúcar que apresentam diferenças significativas em suas médias entre as principais cidades produtoras do Brasil. O estudo foi quantitativo, descritivo e documental. Utilizaram-se os dados divulgados pela CONAB para as safras de 2010/2011 a 2017/2018. Para análise, empregaram-se a Análise de Variância (Anova) e o teste de Scott-Knott. A mão-de-obra temporária foi o custo mais relevante na cultura da cana-de-açúcar, representando 26,83% dos custos totais, seguido da depreciação, com impacto de 24,85%, enquanto que o menor custo foi mão-de-obra fixa, 2,58% do custo total médio. A cidade com maior custo total por hectare foi Visconde do Rio Branco/MG, cujo valor é superior em aproximadamente 210% do menor custo de produção (Penápolis/SP). Todas as variáveis de custos analisadas revelaram-se estatisticamente diferentes para as cidades pesquisadas, com destaque para aluguel de máquinas que mostrou alta variabilidade em seus valores, apresentando diferença para todas as cidades. Esta pesquisa contribui com os produtores rurais ao evidenciar os custos mais significativos na produção da cana-de-açúcar, e destacar a variabilidade que esses custos podem ou não apresentar, indicando seus valores em cada região, no total e especificamente por variável. Espera-se, também, auxiliar os gestores na elaboração e simulação de orçamentos, e auxiliar no desenvolvimento de políticas públicas e programas governamentais.

Palavras-chave


Agronegócio. Cultura da cana-de-açúcar. Gestão de custos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235