Análise dos fatores associados ao custo por aluno das universidades federais brasileiras que aderiram ao REUNI

Felipe Augusto Abreu Boaventura, Ney Paulo Moreira, Alice Rodrigues Alencar Gonçalves

Resumo


Buscou-se analisar os fatores associados ao custo por aluno das universidades federais brasileiras que aderiram ao Programa de Apoio aos Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Públicas (REUNI) durante o período de 2008 a 2017 por meio de um banco de dados que conta com 52 universidades. Foram utilizados os indicadores de desempenho propostos pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e a análise estatística se deu por meio da regressão linear múltipla com dados em painel. Observou-se um acréscimo do custo por aluno no ano de 2009, seguido por reduções desse indicador no período de 2010 a 2012. Em 2013 e 2014 o custo por aluno voltou a crescer, apresentando sucessivas quedas em 2015 e 2016, encerrando o ano de 2017 com um aumento de 8,85% em relação a 2008. A quantidade de alunos em tempo integral por professor, a quantidade de alunos por funcionários e o grau de participação estudantil apresentaram associação negativa com o custo por aluno, demonstrando que quanto maior esses indicadores, menor foi o custo por aluno das universidades. Por sua vez, o grau de envolvimento com atividades de pós-graduação stricto sensu e o índice de qualificação do corpo docente apresentaram relação positiva com o custo por aluno, estando associados aos maiores valores de custos por aluno.

Palavras-chave


Custo por aluno. Universidades federais. REUNI.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235