Variáveis de influência no IDEB do ensino fundamental dos municípios paulista em 2017

Jaime Crozatti

Resumo


Na década de 2000 o INEP apresentou o IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica como indicador da qualidade da educação Básica. Desde então, o IDEB tem sido usado para avaliação da política pública como referência de qualidade de escolas e redes de ensino. Este artigo tem como objetivo identificar as variáveis que mais influenciaram o IDEB das redes do ensino fundamental gerido pelos municípios do estado de São Paulo no ano de 2017. A partir de trinta e três indicadores das redes educacionais e de condições econômicas dos municípios, citados pela literatura e disponibilizados por órgãos públicos, o estudo faz uso da regressão múltipla pelos Mínimos Quadrados Ordinários (MQO) com o procedimento stepwise como método de análise. Os resultados apontam para a condição da educação fundamental existente na respectiva rede, avaliada pelo IDEB de 2015, a remuneração dos profissionais da educação, a distorção idade série dos alunos, a existência do conselho municipal de educação e a taxa de aprovação dos alunos nas redes como os indicadores das condições que mais influenciaram, com significância estatística, no IDEB de 2017. Esta combinação de variáveis tem o poder de explicar quase 70% da nota do IDEB das redes municipais em foco.

Palavras-chave


IDEB, Ensino Fundamental, Influência no IDEB

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235