Práticas Fundamentais de Contabilidade Gerencial e o Princípio da Confiança: um estudo em empresas brasileiras de grande porte

Daniela Fagundes Carnelós Nunes, Reinaldo Rodrigues Camacho

Resumo


Este estudo tem por objetivo avaliar o quanto o princípio da confiança está presente nas práticas de contabilidade gerencial em empresas brasileiras de capital aberto, inscritas na Bolsa de Valores (B3). Como base conceitual, utilizou-se do documento do Chatered Global Management Accountant (CGMA) onde constam 14 (quatorze) práticas de contabilidade gerencial. A estratégia de pesquisa adotada é o levantamento de dados por meio de questionário. A análise dos dados deste estudo quantitativo utilizou a estatística descritiva e a correlação das variáveis estudadas. A amostra estudada é composta por 96 (noventa e seis) empresas de capital aberto. Os resultados indicam que empresas que utilizam práticas fundamentais (CGMA) de contabilidade gerencial percebem um ambiente de confiança. Os achados revelam que há o exercício das práticas fundamentais nas atividades organizacionais das empresas.

Palavras-chave


Contabilidade Gerencial. Princípio da Confiança. Gestão Estratégica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235