Voltando para casa com a produção não vendida: uma análise do comportamento de produtores de banana do Espírito Santo sob a ótica da teoria do efeito custo afundado

Denizar LEAL, Daniely Tranhago De queiroz, Roberta Araújo Rodrigues

Resumo


A Teoria da Perspectiva sugere que o processo de tomada de decisões não é estritamente racional. Para Thaler (1980) as pessoas resistem em aceitar a perda, preferindo muitas vezes continuar arriscando na tentativa de recuperar o prejuízo ou gasto que tiveram. Uma das consequências da aversão à perda é o efeito custo afundado que é definido como uma maior disposição em continuar uma empreitada uma vez que um investimento em dinheiro, esforço ou tempo já tenha sido realizado (ARKES; BLUMER, 1985). Assim, o objetivo deste estudo é identificar se o efeito custo afundado é uma das razões que fazem com que os produtores de banana do Espírito Santo tomem as decisões que envolvem a volta para casa com a produção não vendida. Trata-se de um estudo de casos múltiplos de natureza exploratória e descritiva. A investigação foi realizada por meio de entrevistas com 17 produtores de banana do Espírito Santo, que comercializam seus produtos nas Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (CEASA). Os resultados encontrados demonstram que os produtores relutam em vender abaixo do preço de custo, constatando que há a influência dos custos afundados nas decisões de voltar para a casa com a produção não vendida. Outro achado do estudo é que o medo da perda, que é um dos pilares da Teoria da Perspectiva, também influencia as decisões dos produtores, no sentido de tentar evitar perdas futuras, sugerindo que esse fenômeno é tão robusto, a ponto de fazer com que os indivíduos olhem para o passado e para o futuro (MOON, 2001), tentando evitar as perdas em ambos os sentidos.

Palavras-chave


Escalada do comprometimento; Efeito custo afundado; Produtores rurais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235