ANÁLISE DA ASSIMETRIA DOS CUSTOS DAS EMPRESAS BRASILEIRAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA PARA DIFERENTES MAGNITUDES DE VARIAÇÕES DA RECEITA

Gabriel Rodrigues de Souza, Altair Borgert, Aline Willemann Kremer

Resumo


O objetivo deste estudo é identificar a influência das magnitudes das variações da RLV na assimetria dos custos das empresas brasileiras listadas na BM&FBOVESPA no período compreendido entre 1995 e 2015. Para isso, utilizou-se da análise de dados em painel, onde a variável dependente é o CT e as variáveis independente são as variações da RLV. Os resultados apontam que a variação da RLV explica a variação do CT em 26,26% no período em questão. No que se refere à influência da assimetria, essa é perceptível nas diferentes magnitudes de variações estudadas, de forma que, à medida que aumenta a magnitude de variação da RLV, aumenta também a assimetria dos custos, o que corrobora com os estudos internacionais a esse respeito.

Palavras-chave


Custos assimétricos. Variações da receita. Empresas brasileiras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235