Eficiência dos gastos do Sebrae na atual crise econômica

Rebeca Maria Nepomuceno Lima, Thamires Mendes Pereira, Adriano Provezano Gomes

Resumo


Dado a atual conjuntura econômica nacional constata-se que há a propensão de redução de verbas repassadas ao Sistema S. Nesse aspecto, o presente estudo tem como objetivo avaliar dentre as 27 unidades federativas do Brasil qual unidade SEBRAE geriu seus recursos financeiros de maneira mais eficiente, tendo dois anos como base, 2014 período de início da crise econômica do Brasil e 2017 anos em que esta começou a ser amenizada. Para isso, foram utilizados a Análise Envoltória de Dados (DEA) e o Índice de Malmquist. Os resultados encontrados revelam que houve um aumento médio da produtividade total dos fatores incentivados principalmente pelo aumento do chamado efeito de deslocamento da fronteira eficiente. Foram também observados que a maioria das instituições estaduais operam sob retornos crescentes de escala, portanto, elas apresentam problemas de alocação de recursos.

Palavras-chave


Sebrae. Dea. Malmquist

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235