Avaliação do Custo Total de Propriedade do uso de energia solar fotovoltaica e da energia elétrica convencional

Fabiana Frigo Souza, Thiago Vargas Maldonado, Sidinei Augusto da Silva Junior

Resumo


A discussão sobre a utilização de energia elétrica solar tem tomado cada vez mais espaço entre as organizações, seja por motivos financeiros ou até mesmo por questões de responsabilidade socioambiental. O estudo teve como objetivo identificar o custo total de propriedade do uso da energia solar fotovoltaica e da energia elétrica convencional. Utilizou-se como base de análise empresas de comércio de combustíveis (postos) devido a maior homogeneidade nas variáveis necessárias para o estudo. Os resultados apontaram que um dos principais desafios na aquisição de sistemas fotovoltaicos se encontra nas placas que necessariamente necessitam ser importadas, sendo afetadas diretamente pela variação cambial. Foi considerado, para fins de análise, um TCO de 25 anos na utilização entre os dois sistemas e os resultados apontaram que apesar do custo de aquisição do sistema solar fotovoltaico ser superior ao defendido na literatura seminal do custo total de propriedade, é economicamente viável, se comparado com a utilização do sistema elétrico convencional no mesmo recorte temporal, podendo gerar uma economia de até 500%. Por fim, o estudo abre possibilidades de análises em setores diferentes ou em estudos de casos em que a tendência é que essa economia supere a demonstrada nos resultados.

Palavras-chave


Custo Total de Propriedade. Energia Elétrica. Energia Solar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235