Análise dos Custos de Produção em Relação de Preços do Café Arábica em Minas Gerais

Eunice Henriques Pereira Vilela, Antonio Sergio Torres Penedo

Resumo


A cafeicultura é uma atividade de acentuada relevância econômica e social para o Brasil e, especialmente, para o estado de Minas Gerais, principal estado produtor e responsável por mais da metade da produção nacional. Considerando essas características e a importância da gestão de custos de produção para a rentabilidade e sustentabilidade do setor, esta pesquisa teve como objetivo analisar o comportamento dos custos de produção em relação ao preço do café nas principais regiões produtoras do estado, sendo estas: o Sul de Minas, o Cerrado Mineiro e as Matas de Minas; além de verificar a influência da região como fator de diferenciação sobre o comportamento dessas variáveis. Para tanto, se utilizou de uma regressão linear múltipla com dados em painel que tinha como variável dependente o preço pago ao produtor pela saca de Café Arábica nas regiões supracitadas, entre 2007 e 2018, e do teste de Kruskal-Wallis, para identificar possíveis relações entre as variáveis de custos e a região produtora. Os resultados indicaram que os custos com máquinas, defensivos e o volume produzido tem uma relação negativa com as variações de preços do café, enquanto os impostos tem uma relação positiva, e que a região tem uma relação significativa com as variações de preços do café nas regiões produtoras de Minas Gerais. Identificou-se também que a produtividade, os custos com defensivos, mão de obra e máquinas apresentam distribuições diferentes de valores entre as regiões.

Palavras-chave


Custos de Produção. Cafeicultura. Regionalidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235