Modelo conceitual de sistema de gestão de custos da alimentação escolar no setor público

Isac de Freitas Brandão

Resumo


O trabalho propõe um modelo de gestão de custos a ser aplicado em unidades de alimentação e nutrição de instituições de ensino públicas responsáveis pelo fornecimento da alimentação escolar. Por meio de estudo de caso realizado no campus Baturité do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, inicialmente foram analisados os controles de custos existentes e as necessidades informacionais da gestão da alimentação escolar do campus. Com base nestes dados e na literatura de gestão de custos aplicados ao setor público foi desenhado um modelo conceitual para gestão de custos, com diretrizes para controle do custo padrão e do custo real de gêneros alimentícios, controle mensal de custos indiretos, mensuração do custo das refeições e cálculo de seis indicadores de gestão de custos. Em seguida foi simulada a implantação do modelo no campus durante um mês (maio de 2018), que mostrou que o consumo real dos gêneros alimentícios por refeição foi aproximadamente 34% inferior ao custo padrão, e que o custo mensal médio foi de R$ 2,66 por refeição e de R$ 35,25 por aluno matriculado. Conceitualmente, o trabalho contribui com uma proposta de modelo de sistema de gestão de custos da alimentação escolar no setor público. A simulação da implantação deste modelo, na prática, mostrou como as informações de custos podem ser úteis para auxiliar a tomada de decisão do gestor da alimentação escolar e para gerar indicadores do uso de recursos públicos com alimentação escolar para fins de controle social do gasto público.

Palavras-chave


Gestão de custos. Alimentação escolar. Setor público.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235