Eficiência dos gastos públicos com segurança nos municípios baianos

Manoel Alexandre de Lucena, Wescley De Freitas Barbosa, Eliane Pinheiro de Sousa

Resumo


A criminalidade se tornou um dos maiores problemas sociais brasileiro no período recente, gerando um custo social ao impedir o desenvolvimento de atividades econômicas, como também redução na qualidade de vida advinda pelos danos morais e perdas de vidas. No Nordeste brasileiro e, particularmente, na Bahia, este problema tem sido mais evidente, sendo relevante investigar a alocação dos recursos públicos destinados ao combate da criminalidade. Desta forma, este estudo se propõe analisar a eficiência dos gastos públicos municipais com segurança na Bahia. Para tal, utilizou-se o método de Análise Envoltória de Dados (DEA) sob a orientação produto, cujos produtos foram extraídos da Secretaria de Segurança Pública da Bahia e os insumos obtidos juntos ao Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro, ambos para o ano de 2018. Os resultados indicam que parcela majoritária da amostra de municípios baianos analisados está aplicando o insumo de modo indevido. Constata-se também que não necessariamente os maiores dispêndios realizados com segurança pública promovem melhores níveis de eficiência.

Palavras-chave


Criminalidade. Gestão em segurança. Alocação dos recursos públicos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235