Séries Temporais de Holt-Winters na análise preditiva da arrecadação do ICMS no estado do Rio Grande do Norte

Rafael Ramon Fonseca Rodrigues, Ítalo Robean Praxedes de Aquino, Saulo Medeiros Diniz, Gianinni Martins Pereira Cirne, Luiz Marcelo Martins do Amaral Carneiro Cabral, José Ribamar Marques de Carvalho

Resumo


O ente público tem a função anual de apresentar a lei orçamentária prevendo suas receitas e fixando suas despesas. Assim, o presente estudo objetiva analisar preditivamente a arrecadação do ICMS no estado do Rio Grande do Norte no período Janeiro a dezembro de 2019. Para tanto, o estudo caracteriza-se por descritivo e quantitativo, pois adotou para predição da arrecadação do ICMS séries temporais por meio do modelo de Holt-Winters, após análise o método aditivo do modelo foi o que se aproximou do realizado em arrecadação, alcançando um valor preditivo de R$ 5.985.048.500,00, enquanto que o valor realizado foi de R$ 5.724.288.967,12, evidenciando uma diferença a menor de R$ 260.759.532,88. Já o valor previsto pelo próprio estado foi bem menos eficiente, pois na Lei Orçamentária Anual – LOA o governo previu uma arrecadação de ICMS de R$ 4.919.554.000,00, uma predição a menor na ordem de R$ 804.734.967,12. Assim, conclui-se que o modelo de Holt-Winters é eficiente na previsão do ICMS no estado do Rio Grande do Norte.

Palavras-chave


Previsão da receita. Séries temporais. ICMS.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235