Utilização do balanced scorecard na elaboração do plano municipal de saúde de um município catarinense

Adalgiza Biscaia dos Santos Sosnowski, Joisse Antonio Lorandi

Resumo


A preocupação com a transparência nas ações realizadas pelos entes públicos está se tornando cada vez mais cobrada pela sociedade, em função disso muitas organizações estão buscando formas de melhor gerenciar os serviços oferecidos à sociedade. Para atender essa demanda muitas instituições estão implementando ferramentas de gestão, que anteriormente eram utilizadas apenas por organizações privadas, no intuito de melhorar o seu desempenho, entre essas ferramentas encontra-se o Balanced Scorecard. O objetivo deste trabalho é descrever de que forma é utilizado o BSC na elaboração do Plano Municipal de Saúde de uma cidade catarinense. Busca-se identificar como foram elaborados as perspectivas, os objetivos, metas e indicadores propostos pela abordagem do Balanced Scorecard, e de que forma essa sistemática foi trabalhada na instituição. Para realizar a pesquisa a metodologia utilizada é o estudo de caso, a partir de análise documental, entrevistas, e utilização de dados coletados no sítio eletrônico da instituição. No desenvolvimento do trabalho estão descritas as técnicas utilizadas para definição das perspectivas da organização, os objetivos, e a elaboração dos indicadores utilizados, e a relação dessas etapas da implementação com a abordagem de Kaplan e Norton. Os resultados obtidos pela análise do caso permitiram concluir que o BSC atendeu a expectativa principal da instituição que era alinhar os esforços de todas as suas unidades para alcançar o objetivo comum, oferecer um serviço de qualidade a população.

Palavras-chave


Perspectivas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-856X

Associação Brasileira de Custos
Av. Unisinos, 950 - Caixa Postal 275 - CEP: 93022-000 - São Leopoldo - RS - Brasil
Diretoria de Administração de Infraestrutura e Serviços - Telefone: 51 3591 1122 Ramal: 5235